BlogPrime

19/01/2018
A brincadeira ensina, sim

O americano James Heckman, prêmio Nobel de Economia, foi o primeiro a calcular em que medida investir em crianças pequenas tem um efeito para elas e para o país em que vivem. Concluiu que um bom empurrão dado desde muito cedo produz adultos com chances exponencialmente maiores de prosperar. Por isso é tão bem vinda a iniciativa brasileira de elaborar uma Base Nacional Comum Curricular para a educação infantil, homologada pelo Ministério da Educação nesta quarta-feira (20), com o objetivo de demarcar metas para o aprendizado. Nesta etapa, a ciência de ensinar costuma ceder lugar a atividades guiadas por pura e simples intuição.

A base curricular é um ponto de partida. Seu sucesso dependerá de como estados e municípios converterão a letra fria em bons currículos para creches e pré-escolas. A especialista Claudia Costin, diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas, se debruçou sobre o texto recém-aprovado, que será implantado a partir de 2019. Ela faz a VEJA sua avaliação do documento.

Mesmo com críticas pontuais, a base curricular do ensino infantil foi celebrada pela maioria dos educadores. Há motivos? Sem dúvida. Antes de tudo porque a base ajuda a romper uma ideia antiga de que educação infantil é sinônimo de livre brincar. Já existe hoje conhecimento acumulado sobre como fazer das atividades na creche ou na pré-escola algo que conduza a criança em suas primeiras descobertas. A brincadeira com intenção pedagógica é o que faz diferença.

Não há certo exagero nisso? Não, desde que não se incorra no equívoco oposto, de expor a criança a um excesso de conteúdos não condizente com a sua idade e à pressão desnecessária.

O documento do MEC flerta com o excesso? Não. Ele vai direto ao ponto: mesmo as atividades para crianças pequenas precisam ser planejadas pelo professor.

E normalmente não são? Muitas vezes, não. Há um medo bobo de que qualquer iniciativa nesta linha vá comprometer a brincadeira.

O que deve se esperar que aprendam nesta fase da vida? O valor dos livros, por exemplo. Existem evidências de que a exposição sistemática a um ambiente de estímulo à leitura ajuda a sedimentar a ideia de que eles são importantes, interessantes, cheios de histórias. Isso contribui para formar futuros leitores, além de expandir o vocabulário. E, como se sabe, o domínio das palavras é crucial para aprender em qualquer área.

A tão temida matemática também já deve ser apresentada nesses primeiros anos? Sim, até para ser menos temida. Estamos falando de noções elementares, como tamanho e quantidade, coisa que a base do MEC contempla. O desenvolvimento de habilidades socioemocionais, como persistência e trabalho em grupo, também estão lá. Não dá mais para imaginar uma escola que não preste atenção a elas.

E o que a base deixou de contemplar? Acho que faltou dizer com todas as letras que a criança precisa conhecer o alfabeto na pré-escola. Não é saber ler, mas sim se familiarizar com o código. Ela não vai chegar a ele sozinha.

Como os pais podem fazer bom uso do documento do MEC? Eles devem lê-lo com atenção para saber o que cobrar da escola e como dar o apoio em casa. Agora têm uma bússola.

 

Por Monica Weinberg
Fonte: Veja.Abril

CALENDÁRIO 2018

01
Fevereiro
Início das aulas Para o Baby Prime, Little Kids e Juniors
05
Fevereiro
Inícios das Aulas Para os Kids
12
Fevereiro
Não haverá Aula (Feriado - Carnaval)
13
Fevereiro
Não haverá aula (Feriado - Carnaval)
14
Fevereiro
Não haverá aula (Feriado - Carnaval)
15
Fevereiro
Projeto Valentines De 15 a 28 de fevereiro

NA MÍDIA

02/09/2016 Blog Robert Jungmann - coluna Acontece Representante do Google faz palestra em PE
01/07/2016 Blog Dicas Miúdas Colônia de Férias Julho 2016
18/05/2016 Corujices.com São João Infantil
19/02/2016 pernambucopontocom Educação financeira nas escolas
04/11/2015 Blog Roberta Jungmann Carol Levy fará show na festa "Hallegria"
04/11/2015 LeiaJá.com (iG) Carol Levy faz apresentação em Aldeia
04/11/2015 Blog Casinha da Cys Carol Levy em festa à fantasia na Eccoprime
03/11/2015 Blog Social 1 Carol Levy faz show em Aldeia
12/10/2015 Folha de Pernambuco Poupar para realizar sonhos
12/10/2015 Folha de Pernambuco Quando o consumo é o vilão
11/04/2015 Jornal do Commercio/PE Minicurso de educação financeira para pais
02/02/2015 Folha de Pernambuco - Economia Do ensino básico a atividade adicional
27/05/2014 Portal NE 10 - Blog Social 1 Magrão participa de Colônia de Férias.
14/03/2014 Jornal do Commercio/PE - Vida & Ciência Wilfred Gadêlha. Bom exemplo.
26/02/2014 Jornal do Commercio/PE - Caderno C Coluna Dia a Dia - Escola Sustentável.
Copyright © Eccoprime Bilingual School, 2010-2014 | Design: TG