BlogPrime

17/03/2015
Crianças precisam de tempo de qualidade.

Antes que seja tarde.

No mundo atual, com frequência cada vez maior, temos nos assombrado com cenas chocantes de crianças que desrespeitam seus pais, têm dificuldades em obedecer às autoridades e são verdadeiros tiranos em seus relacionamentos interpessoais.

Temos assistido pais totalmente reféns de seus filhos pequenos, que ditam as regras e estabelecem inclusive como querem ser tratados. Por outro lado, a ausência da liderança na família, a falta de prioridade dos pais na criação dos seus filhos, tem causado um adoecimento cada vez maior de crianças e adolescentes.

Nunca em tempo algum se necessitou tanto de especialistas para cuidar das cabecinhas dos nossos filhos. Crianças com dificuldades de autoestima, com dificuldades para aprender, para comer e até mesmo para dormir. Será mesmo que não estamos percebendo o caos ao qual estamos submetemos os nossos filhos?

No ímpeto de ganharmos dinheiro, de crescermos profissionalmente, de passarmos em concursos públicos que nos darão estabilidade para toda vida, estamos abrindo mão de sermos pais.

Parece que nos esquecemos do que diz o Salmo 126, versículos 2 e 3, “Não adianta trabalhar demais para ganhar o pão levantando cedo e deitando tarde, pois é Deus quem dá o sustento aos que Ele ama, mesmo quando estão dormindo. Os filhos são um presente de Deus, eles são uma verdadeira bênção!”

Fiquei intrigada e feliz em notar que justamente estes dois versículos estão juntinhos, como se um completasse o outro. Não é coincidência, é propósito! Precisamos confiar em Deus é Ele quem nos sustenta,é vão pensar que o controle das coisas está nas nossas mãos.Nós, como pais, temos que entender de fato a nossa responsabilidade na educação dos nossos filhos e na formação do seu caráter e agir de acordo com o que nos diz a palavra.

Não podemos nos comportar com o alguém que não quer ver o que está errado. Ao contrário, não podemos admitir de jeito nenhum desvios de conduta, não podemos conviver com a mentira, nem mesmo com a injustiça. Muitas vezes eles reproduzem os nossos maus hábitos, refletem exatamente o que vivem dentro de suas casas.

Se não admitimos mentiras, eles vão aprender a falar a verdade.

Se  agimos com justiça, eles serão justos.

É pela árvore que conheceremos o fruto! Como diz  Mateus 12:33 “Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore”.

Que fruto você tem colhido?

Seu filho é uma alegria para sua vida?

Ou será um problema?

Quem trabalha com educação de crianças na escola, na igreja, tem vivenciado de perto este drama. Os pais estão cada vez mais permissivos e não admitem que seus filhos se frustrem. O “pequeno tirano” tem que ter todos os seus sonhos realizados, os melhores brinquedos e jogos, muitos jogos no computador, porque quanto mais ocupados eles estiverem, menos trabalho darão.

Não é mais comum as famílias sentarem a mesa para comer, os pais contarem histórias antes de dormir ou as mães ensinarem às filhas suas habilidades. Isso é coisa do passado! Não temos mais tempo a perder com nada disso! Estamos ocupados demais para nos dedicarmos aos nossos pequeninos. E ai, o remorso, a culpa pela nossa ausência nos torna irmãos dos nossos filhos e não pais. Temos que de alguma forma compensar com “tempo de qualidade” e ai tudo é permitido.

Não se educa um ser humano com pouco tempo, mas nas pequenas coisas, nos pequenos gestos, no dia a dia da criança. Precisamos parar de delegar aos outros a responsabilidade da criação. Eles são nossos! Somos nós que precisamos atuar frente às suas necessidades, das íntimas às mais complexas.

O meu objetivo ao escrever este texto foi de alertar aos pais: Precisamos fazer alguma coisa ANTES QUE SEJA TARDE! As mudanças precisam acontecer, mas só acontecerão a partir de nós mesmos. Precisamos ensiná-los os valores corretos, precisamos gastar tempo para dizer NÃO sem medo, sem pena! Nossos filhos precisam de limites! Sabem por quê? Se não dermos limites a eles, um dia a vida vai dar, e ai pode ser tarde demais!

 

Válkia Carlos Sobral Chitunda
Psicopedagoga, Coordenadora Pedagógica do Fundamental I e II da Eccoprime

CALENDÁRIO 2017

23
Setembro
Vamos à Praia (GAV) Projeto Geração Alta Voltagem
28
Setembro
Music Lounge Às 16h20, na Eccoprime
29
Setembro
Papo Pedagógico -x-
29
Setembro
Fim da 3ª unidade - x -
02
Outubro
International Week De 2 a 6 de outubro.
06
Outubro
Abertura e International Week Fair -x-
09
Outubro
Eccolimpiadas De 9 a 11 de outubro
12
Outubro
Nossa Senhora da Aparecida Feriado
13
Outubro
Feriado dos Profesores Não haverá aula
15
Outubro
Dia Dos Professores -

NA MÍDIA

02/09/2016 Blog Robert Jungmann - coluna Acontece Representante do Google faz palestra em PE
01/07/2016 Blog Dicas Miúdas Colônia de Férias Julho 2016
18/05/2016 Corujices.com São João Infantil
19/02/2016 pernambucopontocom Educação financeira nas escolas
04/11/2015 Blog Roberta Jungmann Carol Levy fará show na festa "Hallegria"
04/11/2015 LeiaJá.com (iG) Carol Levy faz apresentação em Aldeia
04/11/2015 Blog Casinha da Cys Carol Levy em festa à fantasia na Eccoprime
03/11/2015 Blog Social 1 Carol Levy faz show em Aldeia
12/10/2015 Folha de Pernambuco Poupar para realizar sonhos
12/10/2015 Folha de Pernambuco Quando o consumo é o vilão
11/04/2015 Jornal do Commercio/PE Minicurso de educação financeira para pais
02/02/2015 Folha de Pernambuco - Economia Do ensino básico a atividade adicional
27/05/2014 Portal NE 10 - Blog Social 1 Magrão participa de Colônia de Férias.
14/03/2014 Jornal do Commercio/PE - Vida & Ciência Wilfred Gadêlha. Bom exemplo.
26/02/2014 Jornal do Commercio/PE - Caderno C Coluna Dia a Dia - Escola Sustentável.
Copyright © Eccoprime Bilingual School, 2010-2014 | Design: TG